cresol mobile

23.09.2020 às 15:12h - Saúde

Unoesc realiza mais de 700 testes rápidos para diagnóstico de Hepatite C

Cristian Lösch

Por: Cristian Lösch São Miguel do Oeste - SC

Unoesc realiza mais de 700 testes rápidos para diagnóstico de Hepatite C
UNOESC

Continua depois da publicidade

A Unoesc São Miguel do Oeste realizou, nas últimas semanas, 750 testes rápidos para diagnóstico de Hepatite C. Os cursos de Farmácia e Enfermagem realizaram a testagem e o curso de Psicologia disponibilizou plantão e orientação psicológica para enfrentamento das infecções emergentes como Hepatite C e Covid-19.

Segundo a coordenadora de Enfermagem, professora Ana Moser, além de realizar os testes rápidos, o curso passou orientações à população e esclareceu os potenciais mecanismos de transmissão da Hepatite C, auxiliando na prevenção de novos casos. A professora destaca a receptividade da população pelas ações de prevenção de doenças e promoção da saúde. "O trabalho interdisciplinar dos cursos de Enfermagem, Psicologia e Farmácia contribuiu para oferecer ao paciente e à comunidade uma visão mais ampla do problema, proporcionando conhecimento e motivação para adotar atitudes de mudanças de hábitos de vida para a prevenção", avalia a professora.

O coordenador do curso de Farmácia, professor Everton Boff, chama a atenção para a importância da busca ativa de casos de infectados, prevenindo nos casos positivos a manifestação da infecção, que pode provocar danos graves e irreversíveis ao fígado do portador. "Campanhas desse cunho trazem inúmeros benefícios à população. Quando trata-se de saúde pública e coletiva, principalmente na área da infectologia, cada vez mais a busca ativa é uma maneira eficaz de impedir a manifestação da infecção e suas consequências", salienta o professor.

Durante a Campanha, o curso de Psicologia ofereceu plantão e orientação psicológica para enfrentamento das infecções emergentes como Hepatite C e a Covid-19. A coordenadora professora Lisandra Antunes de Oliveira observa que a interdisciplinaridade entre as áreas da Enfermagem, Farmácia e Psicologia foi fundamental para o êxito do projeto. "Outro ponto importante foi ofertar um serviço de qualidade à população para poder orientar sobre diversos aspectos, sejam eles psicológicos, sobre cuidados e formas de transmissão. A prevenção é algo ainda incipiente em nossa comunidade, portanto é imprescindível trabalharmos para que essa cultura seja inserida na comunidade acadêmica, local e regional", finaliza a professora.

Sobre a doença

A Hepatite C é uma doença silenciosa, que pode levar de 20 a 30 anos para começar a se manifestar. Pessoas com Hepatite C apresentam sintomas como náuseas, vômitos, mal estar e pela amarelada. A transmissão da doença pode ser sexual ou hematogênica, mas na prática está ocorrendo, principalmente, por objetos perfurocortantes, cuticuladores não esterilizados, compartilhamentos de seringa, aparelho de barbear, entre outros. As pessoas devem fazer o teste, pelo menos, uma vez ao ano. Em casos de exposição, o teste deverá ser realizado após a exposição.

Fonte: UNOESC

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.