cresol mobile

23.06.2022 às 15:11h - atualizado em 23.06.2022 às 15:26h - Educação

Escola Padre Vendelino Seidel promove júri simulado sobre direitos humanos

Marcos Herbert

Por: Marcos Herbert Iporã do Oeste - SC

Escola Padre Vendelino Seidel promove júri simulado sobre direitos humanos
Foto: Vandonei dos Santos/Rede Peperi

Continua depois da publicidade

A Escola Padre Vendelino Seidel de Iporã do Oeste está promovendo uma série de júris simulados sobre direitos humanos. O professor de sociologia do educandário, Ilton Vogt, destaca que o projeto já é realizado há vários anos e tem o objetivo de desafiar os alunos do terceiro ano do Ensino Médio a buscarem uma temática, especialmente relacionada ao artigo quinto da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que trata sobre o direito à vida.

O professor explica que após a escolha da temática, os alunos fazem uma investigação sobre como acontece a violação dos direitos humanos em todos os países do mundo em correlação ao Brasil e muitas vezes se deparam com situações em que o Brasil puxa o ranking de casos como feminicídios, homofobia e aborto.

Um dos júris que foi realizado na manhã da última segunda-feira, 20, se baseou na violência escolar e julgou o homicídio de um professor. Ilton Vogt destaca que a escolha do tema pelos alunos se deu em função da chacina em uma creche de Saudades, que comoveu todo o Brasil há pouco mais de um ano. O professor pontua que o júri simulado proporciona ótimos aprendizados aos alunos que precisam atuar na condição de juízes, testemunhas, réus, acusadores e defensores, desenvolvendo habilidades de comunicação oral e realizando pesquisas aprofundadas sobre as questões relacionadas ao crime em julgamento.

Com isso, os alunos adquirem amadurecimento para a vida adulta, bem como discutem a história e a criação da Declaração Universal dos Direitos Humanos, após a Segunda Guerra Mundial.

Foto(s): Vandonei dos Santos/Rede Peperi

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.