cresol mobile
Polícia

22.06.2022 às 20:02h - atualizado em 23.06.2022 às 13:58h - Polícia

Suspeito de tentativa de homicídio e feminicídio em Caibi é preso no RS

Marcos Herbert

Por: Marcos Herbert Iporã do Oeste - SC

Suspeito de tentativa de homicídio e feminicídio em Caibi é preso no RS
Foto: Brigada Militar/Reprodução/Portal Peperi

Continua depois da publicidade

Um homem, de 39 anos, suspeito de ter praticado uma tentativa de homicídio e feminicídio em Caibi/SC na manhã desta quarta-feira, 22, foi preso durante a tarde no Rio Grande do Sul.

A prisão foi realizada no interior do município de Frederico Westphalen/RS, após troca de informações entre a Polícia Militar de Santa Catarina e a Brigada Militar do Rio Grande do Sul.

O suspeito foi preso dentro de um Táxi, retornando para o município de Caibi, após ter abandonado uma Toyota/Hilux utilizada para a fuga. Após a prisão, o homem foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil para o registro do flagrante.

O crime

A reportagem da Peperi apurou que a tentativa de homicídio e feminicídio ocorreu por volta das 10h da manhã desta quarta-feira, 22, na casa da ex companheira do suspeito, em um bairro da cidade de Caibi, no Extremo Oeste de Santa Catarina.

O homem teria ido até a casa dela dirigindo um veículo oficial da Secretaria de Saúde do município de Riqueza e ambos iniciaram uma discussão. Ela foi atingida por golpes de arma branca no braço direito e na mão esquerda. O atual namorado da mulher, que também estava na residência, tentou intervir na briga e foi atingido por golpes de faca no peito e nas costas.

O homem ferido foi socorrido e encaminhado para o Hospital da cidade, mas precisou ser transferido para Chapecó devido à gravidade dos ferimentos. Após o crime, o suspeito deixou o veículo da saúde de Riqueza estacionado em uma rua e fugiu em uma Hilux em direção ao Rio Grande do Sul, onde foi preso durante a tarde, retornando para Caibi em um táxi.

A Peperi entrou em contato com o prefeito de Riqueza, Renaldo Mueller, que confirmou que o suspeito é motorista do setor da saúde do município. Na manhã desta quinta-feira, o Município de Riqueza emitiu uma nota oficial, através da Assessoria de Imprensa, onde afirma que está instaurando um Procedimento Administrativo para investigar o ocorrido com o servidor efetivo da Secretaria Municipal de Saúde, que não pactua com nenhuma forma de violência e seguirá com o rigor que preceitua o Estatuto dos Servidores Municipais.

Fonte: Marcos Herbert/Vandonei dos Santos/Portal Peperi

Foto(s): Brigada Militar/Reprodução/Portal Peperi

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.