cresol mobile

17.02.2021 às 08:54h - atualizado em 18.02.2021 às 09:44h - Acidente

Jovem morre esmagado por chapas de MDF em Fábrica de Móveis em SJCedro

Ivan Guilherme

Por: Ivan Guilherme São José do Cedro - SC

Jovem morre esmagado por chapas de MDF em Fábrica de Móveis em SJCedro
Ivan Guilherme/Portal Peperi

Continua depois da publicidade

Segundo as informações dos Bombeiros, eles foram acionados para atender uma pessoa que estava ferida após ter caído uma pilha de chapas de MDF.

A ocorrência foi por volta das 7h15m desta manhã de quarta-feira, 17. Segundo relatos colhidos no local do acidente pelo departamento de Jornalismo da Rádio Cedro, foi em uma empresa no Parque Industrial 1, na Rua Cruz e Souza esquina com a Beno Nós.

Chegado no local, foi encontrado a vítima um jovem de 17 anos caído inconsciente.

Populares já havia removido as chapas que se encontraram em cima do corpo da vítima e o mesmo apresentava traumatismo craniano com hemorragia na região do rosto, fratura exposta de maxilar, possível fratura da coluna região cervical.

Polícia Civil traz as primeiras informações do acidente que vitimou o jovem de 17 anos.

O delegado da Polícia Civil de São José do Cedro, Sandro Zancanaro, concedeu uma entrevista para a Rádio Cedro, emissora da Rede Peperi, e relatou que inicialmente o IGP realizou os procedimentos de análise dos fatos.

Segundo o delegado, a primeira informação é de que o jovem, de apenas 17 anos, estaria vivo na chegada do Corpo de Bombeiros. De acordo com ele, o jovem veio a óbito no hospital devido à gravidade das fraturas causadas pela queda das madeiras em MDF.

Sandro informa que será instalado um inquérito investigativo para apurar se o acidente foi criminoso. Mas ressalta que de primeiro momento, se trata de um acidente de trabalho. Zancanaro comenta ainda que os trabalhadores da empresa já estão sendo ouvidos para informar de que forma aconteceu o fato.

Na fábrica também trabalha o pai e duas irmãs da vitima.

Segundo o delegado, os relatos feitos pelos trabalhadores à pilha de madeiras teriam um “vácuo”, o que poderia também ter causado a tragédia.

Todos os fatos estão sendo investigado, e o mais rápido possível, se houver culpado, será devidamente responsabilizado.


Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.