cresol mobile

07.04.2021 às 17:08h - atualizado em 07.04.2021 às 17:16h - Educação

Diretor projeta 30% de defasagem no ensino remoto

Diana Isabel

Por: Diana Isabel Itapiranga - SC

Diretor projeta 30% de defasagem no ensino remoto
Ilustrativa

Continua depois da publicidade

O diretor da escola municipal Funei de Itapiranga, Márcio Pauli, afirma que os professores sentem a defasagem de conteúdo dos alunos. Um ano de aula no sistema remoto teve consequências negativas para o aprendizado.

Márcio Pauli salienta que o sistema atual também é diferente do tradicional intercalando turmas que vão para escola com outras que ficam em casa. Segundo o diretor, todos os profissionais da educação estão aprendendo com estes novos sistemas, a distância, híbrido e presencial.

De acordo com Pauli, é difícil mensurar a porcentagem que foi perdida em 2020 em decorrência da pandemia, porém, estima pelo menos 30% de perda de conteúdo e aprendizado no sistema remoto. O modelo atual de ensino é dividido com os pais na semana que os estudantes permanecem em casa.

O diretor aponta como fator positivo o fato de nenhum caso de Covid entre alunos e professores até o momento. Isso reforça a decisão acertada de retornar aulas presenciais, proporcionando melhor aproveitamento com os alunos em sala de aula. Márcio Pauli cita ainda que o ensino presencial já atinge 80% dos alunos da escola. No retorno das aulas presenciais foram apenas 52% que aceitaram voltar para a sala de aula.

Na troca de apostila, este percentual foi aumentando com o sentimento de segurança dos pais em deixarem seus filhos na escola. Segundo Pauli, a meta em duas semanas é atingir 90% de alunos no modelo presencial.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.