cresol mobile
Polícia

05.06.2021 às 08:37h - atualizado em 05.06.2021 às 08:39h - Polícia

“Eu gosto de assassinos, li e pesquisei muito sobre eles”, declarou Fabiano Kipper Mai para advogado

Cristian Lösch

Por: Cristian Lösch São Miguel do Oeste - SC

“Eu gosto de assassinos, li e pesquisei muito sobre eles”, declarou Fabiano Kipper Mai para advogado

Continua depois da publicidade

Demetryus Eugênio Grapiglia, o advogado de defesa de Fabiano Kipper Mai, autor do ataque a creche em Saudades, que deixou cinco pessoas mortas, entregou para a Justiça, na quinta-feira, 03, a defesa do acusado. O ClicRDC teve acesso a um diálogo do advogado com Fabiano, sobre o seu interrogatório com a polícia.

Acompanhe o diálogo de Fabiano, com Demetryus:

Advogado: “O que a polícia te perguntou no teu interrogatório?”

Fabiano: “Se eu gostava de assassinos”.

Advogado: “O que você respondeu?”

Fabiano: “Eu gosto de assassinos, li e pesquisei muito sobre eles.”

Advogado: “E se os assassinos fossem na tua casa, lá em Saudades, onde você mora com teus pais, avó e irmã, o que ias dizer?”

Fabiano: “Eu ia adorar que os assassinos fossem todos na minha casa, eles iam ser muito bem recebidos”.

Chacina em creche no município de Saudades, completa um mês

Há um mês, um ataque a uma creche no município de Saudades, mudaria totalmente a rotina dos moradores da pequena cidade do Oeste de Santa Catarina. Na manhã do dia 04 de maio, um jovem de 18 anos saiu do local de onde trabalhava, foi até a casa onde morava, se armou com duas facas, pegou uma bicicleta e seguiu em direção a creche Pró-Infância Aquarela.

No local, segundo relatos, o jovem encostou a bicicleta que conduzia em um pequeno arbusto, adentrou a uma creche e atacou duas educadoras e quatro crianças. No ataque, duas educadoras e três crianças morreram.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.