ÁUDIOS
Globo em Foco - Peperi - AM

Globo em Foco quinta-feira 08 04 2021

-CÂMARA APROVA PROJETO DE AJUDA PARA EMPRESAS DO SETOR DE EVENTOS

-PRESIDENTE VISITA CHAPECÓ E VOLTA A DEFENDER TRATAMENTO PRECOCE PARA COVID

-VENDA DE PEIXES NA FEIRA LIVRE FICA ABAIXO DO ESPERADO PELOS PRODUTORES

-MUNICÍPIO ADIA RETOMADA DOS ENCONTROS DO PROGRAMA O POVO FALA

-VEREADORES VOTAM HOJE PROJETO MINHA RUA MAIS BONITA EM SEGUNDO TURNO

-MOTOCICLISTA SOFRE FERIMENTOS EM COLISÃO CONTRA CARRO NA SC 163

-POLÍCIA MILITAR PRENDE TRÊS PESSOAS SUSPEITAS DO GOLPE DO CARTÃO NA CIDADE

O tempo é de..... A previsão para as próximas horas é de sol com algumas nuvens. A temperatura pode chegar a 29 graus. A mínima das últimas horas foi de 17 graus. Agora, na Central de Jornalismo da Peperi, ... graus. Umidade relativa do ar ... por cento.

De acordo com o Banco Central, o dólar está cotado a cinco reais e 59 centavos. O euro está valendo seis reais e 64 centavos. Já o peso argentino está cotado a seis centavos.

Manifestações contrárias ao golpe militar em Mianmar registraram confronto com as forças de segurança que abriram fogo e mataram ao menos 13 pessoas nesta quarta-feira em diversas partes do país, segundo informações da imprensa local. Ao menos 11 dos mortos foram baleados em um protesto na cidade de Kale, no noroeste do país. De acordo com a Associação de Assistência a Prisioneiros Políticos, mais de 850 pessoas foram mortas durante protestos no país desde o golpe de 1º de fevereiro. A tomada do poder pelos militares desencadeou a maior onda de protestos pró-democracia em décadas no país.

Os Estados Unidos anunciaram nesta quarta-feira a retomada da ajuda aos palestinos, suspensa durante o mandato do ex-presidente Donald Trump, com uma entrega de 235 milhões de dólares. O governo JOE BIDEN informou que Washington voltará a realizar aportes junto à agência das Nações Unidas que cuida dos refugiados palestinos, com uma contribuição de 150 milhões de dólares. Os americanos também oferecerão 75 milhões em ajudas econômica e de desenvolvimento para a Faixa de Gaza e a Cisjordânia, e 10 milhões de dólares para os esforços de paz.

O presidente da Argentina, ALBERTO FERNÁNDEZ, anunciou nesta quarta-feira novas restrições para conter uma nova alta de casos de coronavírus no país. Entre as medidas, que começam a valer nesta sexta na Grande Buenos Aires e outras cidades com alto nível contágio, está um toque de recolher da meia-noite às seis da manhã. Outras restrições estão relacionadas aos encontros sociais: agora, ficam proibidas as reuniões com visitantes em casa e eventos ao ar livre com mais de 20 pessoas. Desta vez, porém, não haverá um lockdown.

O ministro GILMAR MENDES votou nesta quarta-feira, em julgamento no Supremo Tribunal Federal, contra a liberação de celebrações religiosas presenciais, como cultos e missas, em razão da pandemia de Covid-19. Relator do processo, MENDES foi o primeiro ministro a votar. Após o voto dele, já no fim da tarde, o julgamento foi interrompido e será retomado nesta quinta-feira. No começo da sessão, o ministro da Advocacia-Geral da União, ANDRÉ MENDONÇA, defendeu que os cultos devem ser autorizados e que “sem vida em comunidade não há cristianismo”.

A Câmara dos Deputados concluiu nesta quarta-feira a votação do projeto que autoriza empresas a comprar vacinas contra a Covid-19 a fim de imunizar os funcionários. Na prática, a principal mudança do texto é retirar a exigência, atualmente prevista em lei, de que as empresas só possam começar a vacinação após a imunização dos grupos prioritários pelo Sistema Único de Saúde. O texto também permite a compra de imunizantes autorizados por agências estrangeiras reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde, mesmo sem registro ou autorização da Anvisa. Com a aprovação dos deputados, o projeto agora segue para o Senado.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira um projeto de lei que estabelece ações emergenciais para o setor de eventos, com o objetivo de reduzir as perdas causadas pela pandemia da Covid. O texto já havia sido aprovado pelos deputados no início de março, mas retornou à análise da Casa depois de sofrer mudanças no Senado. Agora, a matéria segue à sanção do presidente JAIR BOLSONARO. A proposta cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos, que prevê entre outros pontos a possibilidade de renegociação de dívidas, tributárias ou não, com descontos de até 70 por cento e prazo de até 145 meses para quitação. Para negócios que tiveram redução superior a 50 por cento no faturamento entre 2019 e 2020, o projeto garante uma indenização. O valor será compatível com as despesas para pagamento de 15 empregados durante o período da pandemia.

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou nesta quarta-feira projeto de lei que prevê o repasse de 350 milhões dos cofres do Estado para obras em rodovias federais. O projeto original, do Executivo, previa 200 milhões de ajuda e não carimbava a verba para estradas específicas. Os deputados aumentaram os valores e o texto aprovado permite que o governo gaste 200 milhões com a duplicação da BR-470, 50 milhões com a duplicação da BR-280 e cem milhões com a BR-163 no extremo-oeste. Eles também proibiram o governo de usar o dinheiro para pagar desapropriações. Se for sancionado pela governadora DANIELA REINEHR, o Estado poderá firmar convênio com o órgão federal e assumir pagamentos às empreiteiras contratadas pela União.

Santa Catarina registrou nesta quarta-feira, o menor número de pessoas em fila de espera por UTIs em pouco mais de um mês. São 171 pacientes aguardando leitos vagos, o menor número registrado desde pelo menos três de março, quando a Secretaria de Estado da Saúde passou a divulgar diariamente detalhes da situação. O número é o menor em pelo menos 36 dias. O Estado vem registrando uma queda gradual no indicador desde 18 de março, quando atingiu 456 pessoas na fila de espera. Nesta quarta-feira, a redução no número de pacientes aguardando leitos de UTI chegou a 62 por cento. Ontem,o total de pessoas internadas em UTIs públicas e privadas do Estado era de mil 202.

O tratamento precoce e a liberdade para que profissionais da saúde prescrevam medicamentos contra o coronavírus foram temas centrais do evento que reuniu JAIR BOLSONARO e autoridades catarinenses em Chapecó nesta quarta-feira. Em um discurso de quase 50 minutos, o presidente não fez menção à vacinação no país, mas citou os medicamentos usados no combate a Covid-19. O presidente também descartou um lockdown nacional. Além da fala do presidente pedindo liberdade aos médicos, o prefeito do município JOÃO RODRIGUES atrelou a melhora na situação da pandemia na cidade a cuidados com pacientes ainda no início dos sintomas.

A venda de peixes relacionadas à Semana Santa realizadas na Feira Livre Municipal de São Miguel do Oeste ficou bem abaixo do esperado pelos agricultores. A informação é do responsável pelo local, MÁRCIO SANTIN. De acordo com ele, as vendas foram bem fracas, não chegando nem a metade do que foi comercializado no ano passado. Conforme ele, a qualidade dos peixes era boa, porém, questões externas acabaram atrapalhando às vendas nesta edição. Entre os pontos negativos, SANTIN citou a pandemia da Covid-19 e a crise econômica vivida por todas as famílias.

O aumento no preço do peixe também influenciou as baixas vendas na Feira Livre Municipal de São Miguel do Oeste neste ano. A afirmação é do responsável pelo local, MÁRCIO SANTIN. Segundo ele, o aumento no valor do milho e da soja fizeram com que o preço da ração tivesse uma alta considerável, refletindo no valor do peixe vendido aos consumidores. Questionado sobre a quantidade de peixes comercializados na Semana Santa na Feira Livre, MÁRCIO SANTIN, relevou que as vendas ficaram entre cinco mil e 500 a seis mil quilos.Ele disse que a expectativa era de no mínimo 10 mil toneladas de peixes vendidos neste ano na Feira Livre de São Miguel do Oeste.

A venda de peixes neste ano alcançou exatamente a metade do volume vendido no ano passado na Feira Livre Municipal. O comentário é do responsável pelo local, MÁRCIO SANTIN. Sobre o peixe mais vendido na Feira Livre, SANTIN destacou que a carpa foi a mais comercializada, seguida do filé de tilápia. Já em todo o município de São Miguel do Oeste, de acordo com o secretário de Agricultura, ANTONIO ORSO, foram vendidos pouco mais de 11 toneladas de peixes entre a Feira Livre e os piscicultores cadastrados na programação oficial. ORSO admitiu que muitas vendas ocorreram de forma independente e por isso o volume real de vendas deve ser maior no município.

Pelo terceiro dia consecutivo, o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel não registrou óbitos relacionados ao coronavírus. Além disso, a fila de espera por vagas em leitos de UTI diminuiu. No final da tarde de ontem, apenas uma pessoa internada no pronto socorro aguardava por um leito de terapia intensiva. A ocupação na unidade permanece em cem por cento. Todos os 25 leito da UTI Covid e as 16 vagas na enfermaria estão ocupadas. Em São Miguel do Oeste, 23 pessoas foram diagnosticadas com covid-19 nesta quarta-feira. Outras 29 pessoas entraram para a lista de recuperados. 131 moradores ainda estão com o vírus ativo.

A campanha da CDL para arrecadar donativos para o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso coletou cerca de dois mil e 500 quilos de alimentos. A informação é da presidente da entidade, GLEICE KOPP. Ela disse que a campanha teve apenas 20 dias de duração e uma participação muito grande da comunidade. Além dos alimentos, a iniciativa arrecadou cerca de seis mil reais em depósitos feitos em duas contas abertas para esse fim. Os alimentos e o dinheiro já foram repassados para o Hospital Regional. De acordo com GLEICE, a adesão das pessoas ficou acima do esperado pela CDL.

O Conselho das Entidades entregou a pauta de reivindicações do setor empresarial ao deputado estadual ONIR MOCELLIN. O documento foi repassado ao parlamentar na manhã desta quarta-feira em encontro realizado no auditório do Centro Empresarial Andrômeda. Segundo o presidente do Conselho das Entidades, DANIEL DE SOUZA, a lista de demandas é praticamente a mesma entregue ao governador afastado, CARLOS MOISÉS, no ano passado. Ele ressaltou, no entanto, que alguns pedidos continuam pendentes. Entre as reivindicações reforçadas ao deputado ONIR MOCELLIN estão “a ampliação de leitos de UTI no Hospital Regional, A ampliação da estrutura física, a instalação de uma UTI Neonatal e a melhoria do Aeroporto Hélio Wassun para a habilitação de voos regulares. Outro pedido, reforçado durante a passagem do parlamentar por São Miguel do Oeste foi a instalação dos semáforos na Rua Willy Barth.

Durante o encontro do Conselho das Entidades com o deputado ONIR MOCELLIN, os empresários também pediram apoio para o setor de eventos, um dos segmentos mais prejudicados pela pandemia do Coronavírus. De acordo com o presidente do Conselho, DANIEL DE SOUZA, as entidades vão elaborar um documento com a situação das empresas ligadas ao setor de evento e o pedido para que o governo prorrogue data de vencimento dos impostos e alvarás. O ofício será protocolado na Assembleia Legislativa. Outra pauta do encontro foi o pedido por recursos para a viabilização da Faismo. A expectativa é que o evento seja realizado no final deste ano ou início de 2022. DANIEL disse que o conselho entende que o governo pode ajudar com o repasse de recursos para a feira.

A secretaria municipal de Assistência Social firmou uma parceria com a empresa JBS para facilitar o acesso dos interessados às oportunidades de emprego oferecidas pela indústria no município. De acordo com a secretária ANDREIA REBELATTO, a analista de gestão de pessoas da empresa, DINÁ MENEGOTTO, vai estar na sede da secretaria no antigo Caic do bairro São Luiz para receber currículos e cadastrar as pessoas interessadas nas vagas de trabalho. O atendimento será amanhã das oito as 11 e meia da manhã. No dia 23 de abril, a responsável pelo setor de gestão de pessoas também estará recebendo os currículos no Caic. Atualmente, a empresa possui cerca de 140 vagas em aberto na linha de produção.

A Administração Municipal de São Miguel do Oeste decidiu adiar o início da nova rodada de reuniões do programa “O Povo Fala”. A intenção inicial era realizar os encontros para ouvir as demandas da comunidade neste mês de abril. A decisão de adiar as reuniões presenciais foi tomada em virtude da pandemia do coronavírus e das medidas vigentes em decreto estadual que proíbem reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, em todos os níveis de risco. De acordo com o prefeito WILSON TREVISAN, o programa será retomado tão logo as condições sanitárias e epidemiológicas permitam. Ele comentou que “O Povo Fala” é uma das prioridades do município porque permite ouvir diretamente a população de todas as comunidades, estabelecendo as necessidades efetivas de cada localidade.

Em razão da suspensão dos encontros do programa “O Povo Fala”, a administração buscou uma forma alternativa para ouvir as reivindicações da comunidade. Está disponível no site da prefeitura um questionário virtual para a coleta de informações populares que servirão de subsídio para o planejamento do Plano Plurianual 2022-2025, da Lei de Diretrizes Orçamentárias e da Lei Orçamentária Anual de 2022. O formulário está disponível em um link disponibilizado no site oficial do Município, saomiguel.sc.gov.br. O prefeito WILSON TREVISA explicou que essa foi uma forma alternativa que o município encontrou para garantir a participação da população na definição das principais demandas do município para os próximos anos. O questionário pode ser preenchido por todos os moradores até amanhã.

O programa “O Povo Fala” foi criado em 2017 para ouvir as comunidades, apontar as prioridades e direcionar o trabalho da prefeitura a partir dessas necessidades. No primeiro ano do programa, a administração municipal realizou 33 reuniões com moradores de todas as comunidades e bairros do município. Cada localidade apontou cinco prioridades por ordem de importância. Em 2019, foi realizada uma nova rodada de reuniões para prestação de contas do atendimento ou não das demanda apresentadas em 2017. Na segunda rodada também foram reforçados os pedidos que ainda não haviam sido atendidos. Segundo prefeito WILSON TREVISAN, ao final de 2020, o índice de execução das demandas estava próximo de cem por cento.

A Câmara de Vereadores vai votar em segundo turno na noite de hoje o projeto de lei que dispõe sobre a criação do "Balcão Municipal de Empregos". De acordo com a autora da proposta, vereadora MARLI DA ROSA a finalidade é informar e auxiliar a população a respeito da existência de vagas de emprego na cidade. O projeto foi aprovado na terça-feira por sete votos favoráveis e seis contrários. A votação foi desempatada com o voto de minerva do presidente da casa, vereador VANIRTO CONRADT. O projeto estabelece que a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável deve criar um cadastro de informações sobre as ofertas de emprego disponíveis no mercado de trabalho e o cadastro de interessados. A sessão desta noite está marcada para as sete horas com transmissão ao vivo pela rádio Peperi.

Além do projeto que cria o "Balcão Municipal de Empregos”, os vereadores também vão votar em segundo turno nesta noite a instituição do projeto "Minha Rua Mais Bonita". O projeto de lei foi aprovado com sete votos a favor, quatro contra e uma abstenção na terça-feira. O objetivo da proposta é estabelecer normas para implementação e execução do programa denominado Passeio Popular, bem como de programas sob a modalidade de colaboração e cooperação entre a prefeitura e a comunidade para a execução de obras de infraestrutura, paisagismo e urbanização. O projeto prevê ações em parceria para a pavimentação de ruas, construção de calçadas e de embelezamento da cidade. A proposta que revoga os programas Viver Melhor e Minha Rua Mais Bonita.

Santa Catarina encerrou o primeiro trimestre de 2021 com queda em todos os indicadores de criminalidade frente ao mesmo período de 2020. Roubos e furtos tiveram queda de 23 por cento, homicídios caíram 22 vírgula nove e o número de feminicídios caiu 33 vírgula três por cento. Já a violência doméstica caiu quatro vírgula sete por cento. O programa Boa Tarde Peperi de ontem repercutiu os dados divulgados pela secretaria de Segurança Pública com o comandante da Polícia Militar na região, tenente coronel JAILSO FRANZEN e com o delegado regional da Polícia Civil, WESLEY ANDRADE. Eles comentaram que a redução da criminalidade no estado também aconteceu na região, mas em percentuais um pouco menores.

A queda dos índices de ocorrências criminais no primeiro trimestres deste ano é explicada por uma série de fatores. De acordo com o comandante da Polícia Militar na região, tenente coronel JAILSO FRANZEN, uma das razões da redução é o trabalho de inteligência e de envolvimento dos policiais com a comunidade. Além disso, as medidas restritivas que reduziram o consumo de bebida alcoólica e deixaram as pessoas mais tempo em casa tiveram impactos no número de crimes. FRANZEN disse que a região tem poucos registros de homicídios, roubos e furtos. Ele ressaltou que a ação policial acabou gerando o aumento de alguns crimes, como tráfico de drogas, por exemplo. O policial citou que a ocorrência que mais aconteceu neste ano foram as perturbações do sossego e festas clandestinas.

Os números da criminalidade em 2021 são impressionantes, especialmente porque o volume de ocorrências no primeiro trimestre do ano passado já foi reduzido. A avaliação é do delegado regional da Polícia Civil, WESLEY ANDRADE. Ele comentou que os resultados desse ano são fruto de um trabalho conjunto e articulado das polícias, do Ministério Público e outros órgãos. Para ANDRADE, os números do primeiro trimestre mostram que a estrutura de segurança pública tem funcionado bem em Santa Catarina. O delegado comentou que apesar da queda geral, alguns crimes tiveram alta na região, como os golpes aplicados de diversas formas.

Um acidente entre carro e moto deixou uma pessoa ferida na SC 163. O fato aconteceu por volta das cinco horas da tarde de ontem em Itapiranga. A colisão envolveu um Polo Sedan de São Lourenço do Oeste e uma motocicleta Yamaha de Itapiranga. A guarnição do Corpo de Bombeiros de Itapiranga atendeu um homem 51 anos, condutor da moto. Ele sofreu escoriações e suspeita de fratura no tornozelo. Ele foi conduzido ao Hospital Sagrada Família de Itapiranga. O motorista do Polo não teve ferimentos.

A Polícia Militar prendeu três pessoas suspeitas do crime de estelionato nesta quarta-feira em São Miguel do Oeste. Uma guarnição da PM recebeu a informação, via whatsApp do programa Rede de Vizinhos, de que um morador havia entregue o cartão do banco para supostos funcionários de uma instituição bancária. O golpista teria dito que houve uma tentativa de clonagem e que o cartão deveria ser recolhido, junto com a senha para regularizar a situação. A PM realizou buscas e encontrou os três suspeitos em um veículo circulando pela cidade. As pessoas presas, dois homens e uma mulher, confessaram a autoria do crime e relataram que fazem parte de uma quadrilha de São Paulo. Eles foram levados para a delegacia de Polícia.

Pelo menos três pessoas foram lesadas no golpe do cartão na tarde de ontem no município. De acordo com a Polícia Militar, um morador relatou que os golpistas fizeram compras com o cartão da vítima no valor de 30 mil reais. Outra vítima perdeu 18 mil reais. Um terceiro morador disse aos policiais que o prejuízo foi de cinco mil. Os golpistas lesaram essas três pessoas em 53 mil reais, mas o número de vítimas pode ser maior. Além da prisão dos três suspeitos do golpe do cartão, a PM apreendeu 13 máquinas de cartão de crédito e 16 cartões de prováveis vítimas. A Polícia alertou as pessoas a não entregar os cartões e desconfiar sempre desse tipo de pedido.

PROGRAMAS

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.