Chapecoense deve processar o governo da Bolívia

Marcos De Lima
Chapecó

11/01/17 17:47 - Atualizado em 11/01/17 17:53

Fotos: Jorge Roberto/Rádio Chapecó

O vice-presidente jurídico da Associação Chapecoense de Futebol, Luiz Antônio Palaoro, falou a imprensa na tarde desta quarta-feira, 11. Ele relatou os trâmites legais após o acidente com o avião da empresa aérea Lamia, que transportava a delegação do clube, além de profissionais de imprensa. A principal causa teria sido uma pane seca, ou seja, falta de combustível para cumprir o percurso.

O advogado Luiz Palaoro relatou sobre seguros já pagos, indenizações e ações que serão movidas pelo clube. No dia 8 de fevereiro, uma reunião deve ocorrer para tratar das questões legais e processuais.

O clube deve processar, entre outros, o governo da Bolívia. Não está descartada uma ação nos Estados Unidos, para acelerar o trâmite. O advogado entende que há dois responsáveis diretos: a Companhia Aérea e o governo boliviano, que liberou o voo.


Veja também

20/02/17 14:11
Três pessoas ficam feridas em colisão entre caminhões
Guaraciaba
20/02/17 14:08
Vereadora participa de encontro em Brasília para discutir a previdência
Campo Erê
20/02/17 13:35
Família morta em acidente estava de férias a caminho da praia
Xaxim
PEPERI AM
TOP 104 FM
CIDADE AM
ITAPIRANGA AM
ATALAIA AM
CEDRO FM
OESTE FM
×
ImobalAdvocacia Fávero  BolfeTop MarteSicrediAl ContabilidadeZanotelliPinheirinho 24hMayerHabiteto  Madebal
REDE PEPERI DE COMUNICAÇÃO
Telefone 3622-1877
Rua Marquês do Herval, nº 977.
Desenvolvido por: